O AMOR ESTAVA TÃO PERTO ! (Leni)

Só agora compreendí…
que a vida não tem retorno
que os sonhos se realizam, se guardados na lembrança
e maturados na alma…

Só agora compreendí…
que o amor tem muitas formas de entrar em nossa vida
pra alegrar nosso caminho e aguçar nossa esperança.
Chega expontâneo e sereno, como riso de criança.

Só agora compreendí…
que sonho não tem limite
e a felicidade existe e está perto…muito perto…
das nossas longas jornadas.

Só agora compreendí…
que teu amor era tudo, que enriquecia meu mundo
e era som em meu silêncio.
E isso tudo era vida
tudo isso era verdade…

Mas o que antes foi sonho, tornou-se, agora, saudade
de um mundo tão mais bonito
que me escapou, nem sentí…
E a vida que era tão minha, voou para bem distante
levou consigo momentos especiais, tão marcantes,
que não consegui guardar.

Por muito querer viver,
me perdí pelos caminhos
e fiquei só…e pequena
sofrendo com minhas penas, a saudade do meu ninho
da vida, tão cobiçada, que ví desaparecer…

Ficou tudo muito longe dos sonhos que acreditei
do amor que eu tanto sonhei!
Mas se foi…já não tem volta…
quis demais…pensei ter pouco…
sonhei tanto e como louco,
me debrucei na conquista do muito… e tudo perdí…

Porque o amor chega calmo, silencioso e discreto
e esteve sempre tão perto, mas não o reconhecí !
Não me sinto fracassada
sei que amei e fui amada
e pra realizar meus sonhos, estive perto…tão perto…
mas troquei o que era certo, por insanos devaneios
segui, fugaz e sem freio, cobiçando com anseio
o que eu não podia ter…
tolo fui…paguei o preço…
por tudo isso, padeço…
mas pra meu pesar eterno,
só agora compreendí…

———-o0o———-

SONHANDO (Leni)

Quando em mim, os teus olhos, pousas com ternura,
enchendo de carinho meu olhar amante,
eu sinto que me fogem todas as tristezas,
para sentir somente, teu amor, que é puro…

Se pudesses saber o grande amor que sinto
e as horas de tristeza, que por tí padeço,
viverias pensando em mim, eternamente,
sem jamais esquecer do amor que te dedico.

Quero que sejas assim…assim, exatamente,
como o sentí tantas vezes, em sonhos, sem te ver.
Esse sorriso franco, esse olhar de ternura,
esse rosto tão lindo, que ao me olhar, tonteia…
e me faz flutuar em nuvens de carinho.

Eu o queria assim…sem mesmo conhecê-lo
jamais pensei poder um dia conseguí-lo,
mas, agora que o tenho, sou feliz…no entanto,
nem sei bem explicar, porque me contagia
essa onda febril de amor e de encanto,
sem saber, realmente, se posso te amar.

O que sei, é que quero viver pra você
e preciso sentir em teus lábios frementes,
uma frase de amor…a dizer que me queres.
Só preciso te amar, para poder viver,
pois eu já aprendí viver por teu carinho.

Quero que sejas assim…enérgico e amável.
Que enxugues meus olhos, com teus beijos quentes,
quando choro…sem mesmo saber te explicar
o motivo, a razão, de estranhos pensamentos
percorrerem minh’alma confusa e sonhadora.

Fique sempre comigo e assim, poderei
sentir-me segura, envolvida em teus braços
e aqueça com carinho, esse corpo que é teu
e faz-me sentir que és meu…que sou tua…
pra que assim, nesse sonho eu possa viver
e não se apague nunca, essa ilusão tão pura