DESPERTAR SOMBRIO ( leni)

Amanheceu…e a noite ainda existe em minha pobre vida
mas, nem sequer percebo, pois, adormecida e muda,
estou olhando o vazio, que deixaste, sem pena
em minh’alma, inspirando este triste poema…

Amanheceu…e a noite ainda existe em minha pobre vida
e todo esse silêncio me fala de você.
A chuva, que ora ouço, o farfalhar das folhas,
até mesmo o relógio, que naquela parede badalava incessante,
contando os minutos, em que deslumbrada,
esperava você, que chegava sorrindo, e ao sentir-me em teus braços, docemente envolvida,
esquecia da longa espera, tão sofrida
e da eterna solidão que eu estava sentindo.

Amanheceu…e a noite ainda existe em minha pobre vida
mas não quero…não posso…não devo pensar
quero ficar alheia e bem distante da cruel realidade…
não me deixe saber e nem sequer prever,
que já não é mais  noite e a manhã já chegou;
pois sentindo essa dor imensa da verdade,
tenho medo que assim, desesperada e perdida
diante dessa vida,  eu venha enfraquecer
e ouvindo o silêncio, que tão alto chora,
sentindo a tua ausência,
essa escura manhã, me   veja enlouquecer..

Anúncios