RESTOS DE SAUDADE (Leni)

Eu precisava tanto de você agora…

Será que sabes que eu existo, ainda ?

Acho que não… e também já nem te lembras

dos nossos pactos de amor, jurados…tão solenes…

Eu sim, me lembro – e eram tão sinceros

-“Não quero ser de mais ninguém no mundo,

se teu carinho eu perder, um dia…”

Lembras agora ? Eu dizia, jurava e tú sorrias

e repetias o mesmo, murmurando em meus ouvidos.

Como…o tempo pode levar para tão longe

nossos sonhos, nossas alegrias

e deixar inda presente e tão marcada

uma paixão, que se acabou há tanto ? !

Sei que essas mágoas cicatrizam para muitos,

somente em mim, ela ficou tão viva !

Quando o tempo, em silêncio, por aqui passou,

ela fingiu que dormia e se escondeu, mentindo…

mas ficou aqui comigo…e agora, sempre acorda

para fazer chorar meu coração ferido.

Eu não queria saber que ainda choras tanto…

nem que te lembras tanto que eu existo ainda.

Eu só queria que, de vez em quando,

esta saudade minha fosse embora

e chegasse até você, para dizer…pedindo…

-Ela precisa muito de você, agora…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s